sanita quimica como funciona

Guia Prático sobre Como Funciona uma Sanita Química

Quando a vontade aperta, poucos se sentem confortáveis com o funcionamento deste aparelho. Aprende aqui como funciona uma sanita química!

Uma das perguntas mais comuns que surge quando nos preparamos para uma viagem de autocaravana é “então e… como é que eu vou à casa-de-banho?!”. Para muitos a solução passa por usar as casas-de-banho dos cafés, bombas de gasolina, etc., mas para os mais tímidos (leia-se preparados) a resposta passa por usar uma sanita química.

Os autocaravanistas mais experientes de certeza que estão familiarizados com o termo “portaloo” ou “porta potti”, mas o comum dos mortais nunca sequer pensou que usar uma sanita química tivesse um processo associado que, embora simples, pode correr menos bem se não se prestar atenção aos detalhes. Sem problema, nós ajudamos-te.

Como funciona uma sanita química?

constituição de uma sanita química

As sanitas químicas são constituídas por duas partes: o depósito para descarga da água, a parte superior da sanita, e o depósito para resíduos, a parte de baixo. 

É essencial que enchas o depósito para resíduos com o liquído para sanita química adequado. Recomendamos Aqua Kem Green.

O depósito para descarga de água é enchido com água e, caso queiras uma experiência mais agradável, podes adicionar um líquido aromatizante. Podes usar um produto próprio para o efeito, como Aqua Rinse, mas detergente da loiça ou sabonete líquido são opções que dão para o gasto.

Dica: Tenta sempre escolher líquidos de dissolução biodegradáveis e mais amigos do ambiente.

Preparação

Começa por deitar o líquido de limpeza para sanita química no depósito de resíduos. Para isto, deves levantar o tampo da sanita, puxar o manípulo da válvula (para abrir o acesso ao depósito inferior) e despejar o líquido diretamente na sanita. Podes também optar por despejar o líquido diretamente no depósito inferior pelo tubo de esvaziamento, mas recomendamos-te a primeira opção por ser mais prático.

Por norma, deves despejar 110 ml, mas a quantidade pode variar consoante o líquido. Aconselhamos-te a verificar a quantidade indicada no rótulo da embalagem.

O passo seguinte é encher o depósito de água: Desenrosca a tampa para enchimento de água e enche o tanque com 3 L de água (ou até ficar cheio). Caso pretendas aromatizar a água, podes adicionar de 50 ml a 100 ml de líquido aromatizante.

Utilização

A utilização da sanita é também bastante simples: apenas tens de abrir a válvula (puxando o manípulo), fazer… o que tens a fazer, e depois carregar na bomba de descarga. Aconselhamos fazer entre 3 a 4 pequenas descargas.

Muito importante: O papel higiênico usado em sanitas químicas tem de ser solúvel em água para evitar entupimento.

Esvaziar o depósito

como esvaziar o depósito de uma sanita química

Chegamos à parte em que todos lutam para não fazer. Se a tua sanita química não tem um indicador de nível do tanque de detritos, saber quando esvaziar o depósito não é uma ciência exata. Simplesmente tens de abrir a válvula e ver. Se achares que está cheio… está na hora!

Tem atenção que o despejo de resíduos só pode ser feito em locais próprios para o efeito, tais como parques de campismo, parques de autocaravanas, estações de serviços ou casas-de-banho públicas, e nunca na estrada ou numa zona verde.

Não te preocupes, vamos tornar esta tarefa o mais simples possível:

  1. Começa por puxar o puxador traseiro para separar os dois tanques;
  2. De seguida, roda o tubo de esvaziamento 180º, fazendo-o apontar para fora;
  3. Segurando o depósito pela pega traseira, desenrosca a tampa do cano de escoamento;
  4. Pressionando o botão de ventilação, despeja os resíduos;
  5. Enche o depósito com água, fecha a tampa de escoamento, e agita bem o depósito para limpar qualquer resíduo que tenha ficado. Por fim, volta a despejar e voilá!

Tudo pronto para a tua próxima aventura?

Esperamos que este guia te ajude na tua próxima viagem de autocaravana, e que na próxima vez que um comum mortal te vier perguntar como funciona uma sanita química te chegues à frente mostrando-lhe esta velha arte! Se já não é a primeira vez que tiveste de passar por isto, perguntamos-te: tens algum truque especial?

Sobre o autor

Francisco Pereira

Apaixonado por viajar. Visitou mais de 15 países e espera dobrar essa conta ainda este ano. Fã de viagens de autocaravanas e do estilo de vida Indie! Ninguém me obrigou a escrever esta última parte...

Partilhar
Okay